A Amazon adicionou 300 mil pequenas e médias empresas (PMEs) à sua relação de fornecedores em 2017. O gigante de retalho online relatou que metade de todos os pedidos feitos no ano passado foram vendidos por PMEs através da Amazon Marketplace.

Peter Faricy, vice-presidente da Amazon Marketplace, disse que “mais de 140 mil pequenas e médias empresas ultrapassaram os 100 mil dólares em vendas na Amazon em 2017”, observando que a preferência do consumidor para comprar localmente é possível através da Amazon Marketplace. “Estas empresas estão a reinvestir nas comunidades locais, a criar empregos e a apoiar fornecedores locais”, comentou Peter Faricy.

A Salon’s Choice, empresa de beleza norte-americana sediada em Delray Beach, Flórida, conseguiu aumentar o seu negócio como resultado direto da venda na Amazon. A empresa também está listada no site da Amazon no Reino Unido e usa o recurso “Fulfillment by Amazon” para enviar milhares de pedidos diariamente. “Desde que começámos a vender na Amazon, conseguimos expandir o nosso negócio de três para 40 funcionários em Delray Beach”, disse Michael Dudley, diretor-gerente da Salon’s Choice.

A Amazon disponibiliza às PMEs várias ferramentas e plataformas para ajudar a expandir os seus negócios. As ferramentas incluem o Amazon Lending, de empréstimo, que superou 3 mil milhões de dólares emprestados às PMEs desde a sua criação em 2011. A plataforma Amazon Handmade também expandiu para 10 categorias, oferecendo 1 milhão de itens artesanais de milhares de artesãos e PMEs.

A Amazon informou que os clientes encomendaram mais de mil milhões de itens de PMEs na época festiva do fim de ano de 2017. Mais de 140 milhões de itens de pequenas empresas foram comprados entre o Dia de Ação de Graças e a Cyber ​​Monday no ano passado.

Nota da All Integra: A Amazon é o maior site de e-commerce do Mundo e está entrando no Brasil agora. A matéria nos mostra a grande tendência das empresas em precisarem investir em Marketplaces. Hoje no Brasil, um relatório de Janeiro de 2017 apontou que pouco mais de 6.000 empresas vendiam em Marketplaces, é um número muito pequeno frente ao potencial que o Brasil tem. Se você é varejista, é importante começar a se antenar com o assunto, pois quem sabe pode ser sua próxima grande linha de receita, principalmente agora que ainda estamos começamos. Confira este artigo que fala algumas dicas para se destacar.

Fonte: Fashion Network
Por Cassidy Mantor
Traduzido por Novello Dariella