Atrasos na entrega dos pedidos é algo que deixa qualquer cliente muito insatisfeito.

Ao prometer um prazo e descumpri-lo, a loja acaba fazendo com que seus clientes tenham uma experiência ruim. E isso reduz as chances deles comprarem novamente e os leva a não indicarem a marca no mercado.

Com isso, os resultados da loja são drasticamente afetados. Esse cenário é ainda pior quando ela está crescendo e abrindo outros canais de venda, como loja virtual e marketplace. Um grande número de atrasos pode impedir o seu crescimento e até mesmo levá-la à falência.

E em muitos casos, a culpa não é da transportadora que entrega os pedidos. Problemas internos, como a atualização manual dos sistemas e a falta de comunicação entre os membros da equipe, levam a erros que prolongam os prazos.

Abaixo, listamos os principais fatores internos que afetam os prazos de entrega dos pedidos.

1. Atualização lenta dos sistemas

Toda vez que uma venda é realizada, é preciso atualizar os sistemas da loja (ERP, da loja virtual e do marketplace).

Só que, quando feita manualmente, essa tarefa leva muito tempo para ser realizada.

O ideal é que, após a venda e a confirmação do pagamento, todos os sistemas sejam atualizados imediatamente e o pedido siga para a etapa de entrega.

Só que, se a atualização for manual, o pedido terá que esperar esse processo acontecer, para só então seguir para a próxima etapa.

Esse processo pode ser realizado em poucos minutos, se a loja lidar com poucos pedidos. Mas se ela lida com 100, 1.000, 10.000 ou mais, ele pode demorar horas, dias ou até mesmo semanas para ser feito.

Isso porque a equipe da loja também precisa inserir os dados de outros pedidos nos sistemas.

E quanto mais tempo os dados do pedido esperam para entrarem nos sistemas, mais os prazos de entrega são prolongados.

2. Erros de digitação

A atualização manual dos sistemas já é, por si só, muito demorada. Quando ocorrem erros, os prazos de entrega são ainda mais afetados.

À primeira vista, um erro de digitação pode não parecer afetar tanto os processos.

Mas considere o seguinte exemplo:

Um cliente realizou uma compra numa loja virtual. Essa informação ficou registrada no sistema dela.

Um colaborador coletou os dados do pedido e os inseriu manualmente no sistema ERP. Só que ele digitou os 2 últimos dígitos do código do produto incorretamente. Ele não notou esse erro e passou o pedido para a próxima etapa: a entrega.

Outro colaborador, responsável por ela, procurou no estoque um produto com o código repassado e não o encontrou. Então, ele entrou em contato com responsável pela etapa anterior para ver o que aconteceu.

Os dois reviram os dados do pedido e inseriram o código corretamente no ERP. Depois disso, o colaborador responsável pela entrega encontrou o produto no estoque e deu continuidade ao processo.

Por causa de um simples erro de digitação, um processo teve que ser refeito. Isso:

  • Prolongou as demais etapas;
  • Atrasou a entrega do pedido;
  • Aumentou os custos dos processos;
  • Reduziu a lucratividade da loja;
  • Afetou a experiência do cliente.

3. Acompanhamento ineficaz do status dos pedidos

Há casos em que, após a venda, os pedidos ficam parados por muito tempo em uma etapa. Isso acontece por causa de problemas como:

  • Erros de digitação (como falado anteriormente);
  • Avarias nos produtos ocorridas dentro da loja;
  • Paralisações no setor de entrega, devido ao mau funcionamento de um computador, por exemplo.

Problemas como esses devem ser resolvidos rapidamente, para os prazos de entrega não serem comprometidos. Mas se os gestores da loja não tiverem conhecimento deles, não poderão tomar medidas para contorná-los.

O ideal é que eles possam acompanhar o status dos pedidos em tempo real, para saberem se algum problema está afetando as etapas.

Esses são os 3 principais fatores internos que afetam os prazos de entrega. Uma maneira de contornar todos eles é integrando o ERP aos outros sistemas da loja, como o da loja virtual e o do marketplace.

Com essa integração, a atualização dos sistemas é feita automaticamente, em poucos segundos, sem intervenção humana. Isso elimina a digitação manual e permite um acompanhamento mais eficaz do status de cada pedido, para problemas serem solucionados assim que surgirem.

Tudo isso acelera a etapa de entrega, reduz as despesas, deixa os clientes mais satisfeitos e melhora os resultados da loja.

Conferiu os fatores internos que afetam os prazos de entrega da sua loja? Drible-os integrando todos os seus sistemas com a All Integra!