Quando o volume de vendas de uma loja começa a aumentar, isso é sinal de que ela está sendo bem reconhecida no mercado.

E se ela continuar oferecendo produtos de qualidade e atendendo bem ao público, crescerá mais e obterá um faturamento cada vez maior.

Mas um problema que muitas lojas enfrentam, no momento em que estão crescendo, é a dificuldade de lidar com o grande número de pedidos. A tarefa mais complicada é atualizar todos os sistemas (ERP, loja virtual e marketplace) constantemente, quando novas mercadorias chegam ao estoque e quando são vendidas.

Isso porque muitas lojas fazem a atualização de forma manual, digitando os dados de cada produto nos sistemas ao longo dos processos. Além de tomar muito tempo, essa tarefa é suscetível a erros de digitação. E quando um simples erro ocorre, todos os processos são impactados.

E como muitas lojas não conseguem realizar essa atualização de forma rápida e assertiva, elas acabam reduzindo o nível do seu serviço e perdendo clientes e vendas. E a curto prazo, isso pode retardar o seu crescimento e até mesmo levá-las à falência.

Isso explica o porquê de muitos gestores terem receio do crescimento e não buscarem formas de expandir seu negócio – o que é um grande erro.

A seguir, falaremos sobre as maneiras inadequadas que algumas lojas utilizam para lidar com as grandes demandas, que acabam gerando mais prejuízos do que benefícios.

Mostraremos, também, qual a melhor solução para lidar com elas adequadamente.

As maneiras tradicionais de lidar com as altas demandas

Muitos gestores pensam que podem dar conta das grandes demandas:

  • Contratando mais colaboradores;
  • Adquirindo novos sistemas;
  • Comprando computadores e dispositivos mais modernos.

Essas maneiras ‘tradicionais’ são muito benéficas e podem, sim, ajudar as lojas que estão crescendo.

Mas aumentar a equipe e modernizar a infraestrutura não eliminará a tarefa de atualizar os dados manualmente.

A loja ainda precisará lidar com os problemas da atualização manual, como a lentidão e os possíveis erros de digitação. E dessa forma, ela não conseguirá:

  • Agilizar seus processos para atender às demandas;
  • Manter o nível do serviço;
  • Deixar seus clientes satisfeitos.

Como resultado, ao invés de crescer ainda mais, a loja acaba regredindo.

A melhor forma de lidar com o número alto de pedidos

Para atender uma grande demanda, uma loja não precisa, obrigatoriamente, aumentar a sua equipe e adquirir novos computadores e sistemas.

Ela pode continuar usando sua equipe e sua infraestrutura atuais; basta ela integrar todos os sistemas. Assim, eles são atualizados automaticamente com os dados dos produtos ao longo dos processos.

O único trabalho manual é inserir os dados no ERP assim que eles chegam à loja. Depois disso, todos os sistemas, incluindo os da loja virtual e do marketplace, passam a reconhecer em que etapa os produtos se encontram.

Se um produto for vendido, todos os sistemas serão atualizados automaticamente com essa informação. Outros dados, como o volume do estoque, a etapa em que o produto se encontra e o faturamento, também são gerados automaticamente.

Essa integração dos sistemas, além de eliminar a atualização manual, também evita contratações e o investimento em uma nova infraestrutura.

É válido lembrar que, dependendo do ritmo do crescimento da loja, pode sim ser necessário investir no pessoal e na infraestrutura. Mas ao fazer a integração do ERP com os sistemas da loja virtual e do marketplace, a loja consegue reduzir esse investimento e poupar recursos.

Agora que você já sabe como atender às altas demandas, conheça a All Integra e descubra como ela pode integrar seus sistemas adequadamente!